Caixa de Pandora ;D

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Resenha: Radiante - Alyson Noël



Autor: Alyson Noël
Título: Radiante vol. 1
Série: Riley Bloom
Páginas: 184
Lançamento: 2010
Editora: Intrínseca
Classificação: 

A maioria das pessoas acha que a morte é o fim.
O fim da vida - dos bons tempos -, o fim de ... bem, praticamente tudo.
Mas essas pessoas estão enganadas.
Completamente enganadas.
Eu sei muito bem. Faz quase um ano que morri.

Com uma não tão nova personagem hilária; Alyson Noël nos mostra como a vida após a morte pode ser bastante empolgante, engraçada e cheia de surpresas.

O que dizer estar morto? Bem, essa é uma das perguntas que podemos ver respondida neste novo livro de Alyson Noël.

Riley agora já atravessou a ponte e aterrissou em um lugar chamado Aqui & Agora. Para ela a pós-vida seria moleza, mas na verdade até depois de morrer você tem que ir ao colégio. Sim, e lá ela conhece um menina líder de torcida, e um garoto que parece realmente um nerd.

Depois disso, ela é chamada diante do Conselho e lá vê sua vida (curta e) entediante na opinião dela. Então, Riley descobre que até quando morre temos um dever a cumprir, e no caso dela, é apanhar almas perdidas no plano terreno. E não é só isso, junto com Buttercup, seu cachorro, ela ganha um guia, Bodhi. O tal garoto nerd que ela viu mais cedo.

Sua primeira tarefa é encontrar o Garoto Radiante e fazer ele atravessar a ponte para Aqui e Agora. Mas não será tão fácil com ela implicando com seu guia que está tentando ajudá-la, até porque nenhum apanhador de almas conseguiu executar essa tarefa difícil. Ela no início reluta em escutar os conselhos de Bodhi, mas quando se de frente ao desafio e Bodhi não pode ajudá-la ela terá que se virar para conseguir realizar sua tarefa e ter êxito na mesma.

Quando eu li esse livro, foi pouco antes de eu ler o penúltimo volume da série "Os Imotais" Estrela da Noite. E eu adorei o livro, adorei conhecer a Riley Bloom mais afundo. Alyson Noël tem uma ótima mão, em alguns momentos, para escrever livros. Com Radiante não foi diferente.

Riley é a irmã mais nova de Ever, a protagonista da série Os Imortais, ela é o que chamamos de teimosa e muito, mas muito curiosa mesmo. Além de ter um senso de comédia meio sarcástico e bem infanto-juvenil. Ela tenta se adaptar à pós-vida e seguir com sua nova função.

O livro tem um enredo muito interessante e que me fez lê-lo em apenas um dia. Enquanto eu lia eu dava milhares de risadas e em certo pontos (na maioria das vezes) me identifiquei com ela e com algumas de suas decisões, mas sendo outras bastante imaturas. Foi muito bom vê-la novamente porque eu adorei o livro Para Sempre, dos Imortais por causa dela, que me fez rir horrores.

Creio que esse livro por mais que  tenha uma certa mensagem nele, creio que é um livro que deve ser lido em momentos para relaxar, pois não exige muita atenção como os livros de Christopher Paolini (vamos combinar que ele sabe escrever muito!). É o livro perfeito para você rir e se divertir, além de também torcer para que Riley consiga concluir sua missão.

2 comentários:

  1. Oi, Caio, gostaria de avisar que a URL do meu blog mudou! Passou de luenealves.blogspost.com para
    http://instituicaojovensprodigios.blogspot.com.br/

    Dê uma passada porque está rolando uma promoção!
    Beijos =D

    ResponderExcluir
  2. Adoro o Buttercup! Já li toda a coleção desse livro e até que gostei bastante, super recomendo! Gostei da resenha.
    Beijinhos
    Se puder dar uma passadinha: www.leituraesuasmanias.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...